Divulgação

Todos os modelos apresentados aqui são de autoria própria,voltados principalmente à memória nacional!
Faça contato
allmarcio27@yahoo.c
om.br

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Remember 35! Victims of Terrorism - November 1935
.
In 1935, the first generation of red assassins proved sobejas of disaffection by Brazil and fanaticism by which pursued his political choice. Cruelty, coldness and barbarism were the tonic of a treacherous action, in which uniformed Brazilian killed in the dark of the night, to bring against the country.

In the sixties and seventies, the second generation continued in treachery, enlutando families and promoting terror, in the episodes that today bear under the lie of having fought the "dictatorship of the generals." Omit their true purpose which was to transform Brazil into one another of the former USSR satellite. The "services" are rewarded with generous severance and pensions, in which include "supporters" of the time and later adherents, such that modern pirates suck they can from public coffers.
If yesterday they killed Brazilian right, now bleed the innocent and helpless taxpayers, the rage for money and power.

In this November 27, 2014
Certainly the media committed to the two generations will vows of love to these cliques, deturpadamente telling the facts and remembering the baptism of streets and public works with the names of criminals, who only yesterday were figures for acting shrouded in shadow.



Few know these names. They died on the morning of November 27, 1935. Not in combat, but cowardly killed.

They were sleeping ...
During all these years, their families, in resigned silence, nothing demanded of the rulers, but a minimum of coherence in order that they might believe that they did not die in vain.
Abdiel Ribeiro Santos - 3rd Sergeant
Alberto Aragon Bernardino - 2nd Cable
Armando de Souza Mello - Major
Benedicto Lopes Bragança - Captain
Clodoaldo Ursulano - 2nd Cable
Coriolanus Ferreira Santiago - 3rd Sergeant
Danilo Paladini - Captain
Fidelis Baptist de Aguiar - 2nd Cable
Francisco Alves da Rocha - 2 ° Cable
Oliveira Geraldo - Captain
Jaime Pantaleon de Morais - 2nd Sergeant
John of God Araújo - Soldier
John Ribeiro Pinheiro - Major
José Bernardo Rosa - 2nd Sergeant
Hermito José de Sá - 2nd Cable
José Mario Cavalcanti - Soldier
José Menezes Filho - Soldier
José Sampaio Xavier - 1st Lieutenant
Lino dos Santos Vitor -Soldado
Luiz Augusto Pereira - 1 Cable
Luiz Gonzaga - Soldier
Manoel Bire of Agrella -2 ° Cable
Misael Mendonça - Lt Col
Orlando Henrique - Soldier
Pedro Maria Netto - 2nd Cable
Pericles Leal Bezerra - Soldier
Walter de Souza e Silva - Soldier
Wilson France - Soldier
The memory of them is motivated, truly, by the desire of the Brazilian society to bring them justice and rescue their relatives sure you were not second-class citizens because they have lost their lives in the confrontation which their executioners, although defeated, exhibit, in practice, the awards of a bastard victory, woven by a hateful revenge.

To these heroes the recognition of democracy and the guarantee of our constant vigilance, so that the sacrifice of their lives has not been in vain.
.
Em 1935, a primeira geração de assassinos vermelhos deu provas sobejas do desamor pelo Brasil e do fanatismo pelo qual exercia a sua opção política. Crueldade, frieza e barbárie foram a tônica de uma ação traiçoeira, pela qual mataram brasileiros fardados, no sombrio da noite, para intentar contra o País.

Nos anos sessenta e setenta, a segunda geração prosseguiu na perfídia, enlutando famílias e promovendo o terror, nos episódios que hoje ostentam sob a mentira de terem combatido a "ditadura dos generais". Omitem seu verdadeiro propósito que era o de transformar o Brasil em um mais um satélite da extinta URSS. Pelos "serviços prestados" são recompensados com generosas indenizações e pensões, nas quais incluem "apoiadores" da época e aderentes posteriores, que tal quais modernos piratas sugam o que podem dos cofres públicos.
Se ontem imolavam brasileiros de bem, agora sangram os inocentes e impotentes contribuintes, na sanha por dinheiro e poder.

Neste 27 de novembro de 201

​4​
, certamente, a mídia comprometida com as duas gerações fará juras de amor a essas camarilhas, contando deturpadamente os fatos e lembrando o batismo de ruas e obras públicas com os nomes de criminosos, que ontem só eram vultos por agirem encobertos pela sombra.
​ ​


Poucos conhecem esses nomes. Eles morreram na madrugada de 27 de novembro de 1935. Não em combate, mas covardemente assassinados.
​ ​
​Estavam ​
dormindo...

Durante todos estes anos, suas famílias, em silêncio resignado, nada reivindicaram dos governantes, a não ser um mínimo de coerência, a fim de que pudessem acreditar que eles não morreram em vão.

Abdiel Ribeiro do Santos - 3º Sargento
Alberto Bernardino de Aragão - 2° Cabo

Armando de Souza Mello - Major
Benedicto Lopes Bragança - Capitão
Clodoaldo Ursulano - 2° Cabo
Coriolano Ferreira Santiago - 3° Sargento
Danilo Paladini - Capitão
Fidelis Batista de Aguiar - 2° Cabo
Francisco Alves da Rocha - 2° Cabo
Geraldo de Oliveira - Capitão
Jaime Pantaleão de Morais - 2° Sargento
João de Deus Araújo - Soldado
João Ribeiro Pinheiro - Major
José Bernardo Rosa - 2° Sargento
José Hermito de Sá - 2° Cabo
José Mário Cavalcanti - Soldado
José Menezes Filho - Soldado
José Sampaio Xavier - 1° Tenente
Lino Vitor dos Santos -Soldado
Luiz Augusto Pereira - 1° Cabo
Luiz Gonzaga - Soldado
Manoel Biré de Agrella -2° Cabo
Misael Mendonça - Ten Cel
Orlando Henrique - Soldado
Pedro Maria Netto - 2° Cabo
Péricles Leal Bezerra - Soldado
Walter de Souza e Silva - Soldado
Wilson França - Soldado 

A lembrança deles é motivada, verdadeiramente, pelo desejo de que a sociedade brasileira lhes faça justiça e resgate aos seus familiares a certeza de que não foram cidadãos de segunda classe, por terem perdido a vida no confronto do qual os seus verdugos, embora derrotados, exibem, na prática, os galardões de uma vitória bastarda, urdida por um revanchismo odioso.
​ ​
A esses heróis o reconhecimento da Democracia e a garantia da nossa permanente vigilância, para que o sacrifício de suas vidas não tenha sido em vão. 



sábado, 1 de novembro de 2014

MB O-321


Primeiro ônibus monobloco fabricado no Brasil estará disponível em breve na versão completa com interior detalhado.

Veja a galeria de fotos

https://www.flickr.com/photos/40193042@N06/15500042449/


sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Chevrolet Opala PRONTO em 27 ago 2014

Chevrolet Opala já disponível para download na coluna ao lado O primeiro modelo é um COUPÉ SPECIAL 1970/71




segunda-feira, 28 de abril de 2014

VW KOMBI

Enquanto aguardamos o OPALA e o FNM RASERA, faremos uma dupla homenagem.
A Kombi deixou de ser produzida no Brasil em 2013, depois de décadas de produção ininterrupta.
Justo que o utilitário mais barato do país e que ajudou a transportar nosso desenvolvimento pelas ruas das cidades tenha um lugar na prateleira.
Em escala 1:50 de montagem rápida, com apenas 20 peças e possibilidade de detalhar as rodas.
A segunda homenagem é para o Fórum "PAPERCRAFT GENIAL", um dos poucos a se manter firme no Brasil, apesar das dificuldades, na divulgação do papel modelismo. Suas cores estão decorando a kombi 
Você também pode contribuir com o papel modelismo no Brasil participando do fórum...é só seguir o link
http://papercraftgenial.forums-free.com   

terça-feira, 8 de abril de 2014

ALFA ROMEO - FNM D9500 (RASERA) 1953



Este é um dos mais antigos FNMs fabricados no Brasil. Entrou em produção em 1952 e foi o primeiro caminhão com cabine leito, feito para enfrentar dias de viagem. Logo o modelo estará disponível  em duas versões. Mais imagens do modelo podem ser conferidas clicando  no logo do FLICKR aí ao lado


terça-feira, 1 de abril de 2014

CHEVROLET OPALA 1970

Já está em fase avançada o projeto do cupê mais querido já produzido no Brasil.
Na escala 1:25 será o início de uma série baseada no modelo. Estará disponível aqui em duas versões, simples e detalhada, com interior.



quinta-feira, 6 de março de 2014

CABINE - Corvette 1997



Interior e detalhamento de rodas para o CORVETTE 1997.
Este é um modelo de interior para a cabine do Corvette 1997 cuja carroceria é disponível por download no website daytona-mag (com link no arquivo em PDF).
Download deste arquivo está na coluna ao lado.


domingo, 10 de novembro de 2013

Correção para scania 110 trailer tank

Os modelos SCANIA 110 "Trailer Tank" cabine curta (Ipiranga e Petrobras), por engano permaneceram com a base para instalação da cabine "leito"(maior). Faça o download da correção ao lado. Os arquivos  dos modelos completos serão  disponibilizados como rev1, já com a correção incorporada.


sábado, 13 de julho de 2013

BERLIET GLA

O antigo caminhão francês Berliet GLA já está pronto. O modelo está disponível na escala 1:50 sem detalhamento do interior da cabine. Já está também disponível  na escala 1:33 com interior de cabine detalhado.
BERLIET GLA

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

JÁ ESTÁ DISPONÍVEL O DOWNLOAD para o modelo 110/EB.CLICK  ON IMAGE AT THE LEFT SIDE BAR